Guerra dos sexos

A guerra dos sexos, a batalha da noite, esta nunca vai ter vencedor. Sabe por quê? Tem muita confraternização entre os lados inimigos. A gente sempre quer paz. Mas, vamos supor que exista essa tal guerra dos sexos, quem seria o vencedor? Eu te digo: é aquele que justamente se rende. Percebe a ironia? É quem se entrega, mão pra cima e tudo. Quem fica com o amor, com o beijo de boa noite, com o colo gostoso. Sem mulher a gente fica sem rumo, mais perdido que surdo em bombardeio, a gente fica triste.

É impossível ser feliz sozinho.

Trecho do filme – E aí, comeu?