O amor também é feito de trovoadas

tumblr_mju7nf5FCy1r8h50uo1_500

A janela vibra com o vento. Ele passa sussurando e levando a chuva com força. Lavando a rua de um fim de semana prolongado. Calmo, calmo. Lembrei que faz um ano ele me deixou. Sei que foi melhor assim pra nós dois. É engraçado como o tempo passa, as dores vão embora e os ressentimentos também. Hoje sinto com mais intensidade o barulho da chuva, o aconchego gostoso da meia luz, o verde balançando com o vento nas avenidas de beagá, a calma de quem pega no sono. Adoraria sentir borboletas no estômago de novo. Enquanto elas não vem eu continuo andando. Só guardando boas sensações.

Não faz muitos anos que aprendi realmente a cozinhar. Saber como cortar os legumes, a quantidade de tempero, os nomes dos utensílios. Menos tempo ainda que aprendi a cuidar. Levo os filhos de amigos para passear, arrumo a mesa do café para a mamãe, lavo meus tênis depois de muito caminhar por aí. Aprendi também a esperar. Que a paciência é das maiores virtudes. Pensar antes de agir, analisar se vale realmente a pena dizer sim, escolher o que é certo pra mim.

Eu aprendi a enxergar melhor a realidade. Equilibrar sonhos, organizar estrelas, sei o que vem pela frente. Eu aprendi que é muito bom aprender tudo aquilo que você sequer imaginava conseguir. Eu sempre quis ter uma vida em que pudesse aprender muito. Em que trabalhasse duro para, quando desse, levantar os pés bem alto e me sentir tranquilo. A vida que nós temos é essa de agora. Que de nada vale ansiar por um futuro definido por milhares de “se”. Por isso agora eu aprendo a valorizar mais o que acredito. O que sinto. O que anseio. O que sempre fui. Seguir o garoto quieto que adorava escrever cartas e cartões e criar mundos em papel. o menino falante mas muito tímido que andava sozinho pela escola e se esforçava muito para tirar boas notas nas provas. O homem responsável que quer construir o seu próprio mundo com as escolhas certas guiadas por muito amor e gentileza no coração.

Pensei nesse ano que se passou e nesse tempo intenso. Olhei pra chuva batendo com força na janela. Sorri. Gosto de quem não foge da chuva. O amor também é feito de trovoadas.

 

Publicado em: http://moldandoafeto.com/

Anúncios

One thought on “O amor também é feito de trovoadas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s