NÃO QUERIA QUERER EM SEGREDO

tumblr_ngtibg8iAj1rg09p7o1_500

Não quero enumerar as partes chatas da verdade que nos cobre, nem falar sobre o quão delicado é esse envolvimento. Me diz de novo que a gente se pertence, vai. Me faz feliz por quanto der… faz. Tenho consciência de que é tudo tão frágil, meu amor, mas não fugaz; que estamos por um fio, mas que nossos corações estão em sintonia constante: no sentir e no sofrer.

Sabe… Eu me lembro bem; quando te vi a primeira vez, ouvi alguém comentando de longe: “Mas como vocês se deram bem!”. Guardei aquilo. Eu sabia que a nossa parceria iria além: e foi. E vem sendo. Não te deixo não só porque meu pensamento é teu: e sim por ter desaprendido a dormir sem você me dizendo carinhosamente pra ir. Te quero o quanto for possível, pelo tempo que o tempo for.

Ainda me caso contigo e te prendo comigo; e isso não tem a ver com egoísmo. Nunca vi problema em assumir certas afeições incontroláveis. Quero cuidar da tua alma com toda a calma de que tu precisa, e proteger seu bem que há de mais precioso: aquele que você abriga no peito.

Enquanto não faço da forma certa, vou-te vivendo assim como posso. Te escondo aqui dentro, mas é por prazo definido; te deixo feliz em segredo… mas que o silêncio não seja eterno.

Ainda te caso comigo e me prendo a você. De muito bom grado.

(Isabela Linhares)

Publicado em: https://www.facebook.com/br4sileirissimos?fref=ts

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s