Couple in front of wall.
Couple in front of wall.

Não fala assim. Não brinca com meu peito de novo. É sério isso? Não me joga novamente no precipício que é sentir tua falta. Fica aqui. Esquece o mundo. Esquece tudo que não seja nós. Meu amor não aumenta quando você vai; é meu peito que aperta. É a flecha da solidão que me acerta. Foram quantas viagens nos últimos anos? Dez? Quinze? Serão quinze meses fora dessa vez? Olha, eu não sei se vai dar. Eu juro que queria aguentar. Eu juro. Te quero o melhor. Te quero feliz. Mas eu tinha planos pra gente. Eu tinha um plano de vê-la contente, pulando de alegria quando chegasse o dia em que abríssemos a porta da nossa casa. Mas entendo que você, agora, vai aproveitar suas asas. Seja feliz. Eu fico aqui, por um triz de desacreditar em tudo que falaram sobre o amor. Distância é dor. Enquanto você voa, meu corpo todo ecoa uma frase só: “Você e ela viraram pó.”

Fábio Chap

Anúncios

One thought on “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s