Juro que não inventei ele

tumblr_laj6dzmMv21qd65n3o1_500

Eu juro, sem cruzar os dedos ou falar inverdades, que eu não inventei ele. Eu já inventei muitos deles. Aumentei a quantidade de carinhos, diminui o tesão pelos meus peitos, intensifiquei o olhar, fiz de conta que ouvi meia dúzias de quereres ficar comigo e só comigo. Mas ele eu não inventei. Eu juro diante de todas as pessoas que escutavam Sócrates discursar nas ruas e praças de Athenas, eu não inventei.

Eu juro pelo vinho vomitado antes dele aparecer, por todas as tragadas que queimavam minha garganta, por todas as horas que eu não lembro de ter existido. Tinha essa adoração insana de não ter consciência de existir, já experimentou? O álcool, algumas drogas naturais e outras industrializadas.

Todas usadas para tornar-me coadjuvante da minha própria história. Eu estava assim quando ele pegou na minha mão e me sentou ao lado dele. Como se eu fosse uma garota comportada para sentar de mãos dadas no parque e assistir o que acontecia em volta. Imploro a mim mesma, todos os dias, para nunca ser essa menina. A resposta vem quando eu me jogo nos braços dele e sua boca é toda a glicose que meu corpo precisa.

Ele era exatamente o que ele era e eu o achei incrível. O achei incrível por razões tão pessoais e lindas que ele, nem vocês, entenderiam. Ele foi o primeiro a me fazer esquecer o último, a me deixar com frio na barriga, a me deixar com sorriso bobo, a me deixar louca. Louca porque não falava comigo, porque ele falava, porque eu queria que ele quisesse tanto quanto eu queria, porque ele sabia conjugar o pronome quem, louca para me sentir tão louca como a última vez. Eu o achei lindo da cabeça aos pés, mas só porque eu estava me achando linda aos avessos e agora ele era o meu encontro favorito comigo mesma.

Vocês riem de mim e eu me derreto quando ele cheira meus cachos e me faz esquecer o ar e me faz esquecer que eu tenho que jurar que ele é de verdade. Vocês riem e vem graça de mim usando a blusa social dele porque não sabem que eu sou feita desses encontros absurdos. Ainda que durem pouco e acabem mal, eu sou feita desses encontros.

Publicado em: http://colorindoproblemas.com/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s