MANIFESTO CONTRA O MANIFESTO CONTRA RELACIONAMENTOS SÉRIOS

tumblr-girl-fashion-fttbdvbe

Venho por meio deste declarar a minha indignação com a repercussão do manifesto contra o relacionamento sério (Link: http://bit.ly/1IvY85w) . Comecei a escrever da forma mais clichê de todas porque não consegui pensar em nada melhor tamanha minha raiva. Queria deixar claro que minha irritação não tem nada a ver com o conteúdo, pelo contrario, concordo com cada palavra do manifesto. O problema está nas pessoas que estão falando sobre o texto.

Para explicar minha revolta, vamos voltar ao dia em que li o manifesto contra relacionamentos sérios pela primeira vez. Foi pelo Facebook, claro, uma namorada tinha publicado no mural do namorado. Adorei! Simplesmente adorei, por dois motivos. Motivo um: esse casal tinha sim um relacionamento divertido, ou pelo menos era o mais perto de um possível. Motivo dois: reforçava um discurso que eu já pregava há algum tempo. Há muito tempo para falar a verdade. E está aí, nesse segundo motivo, a origem da minha indignação.

Sempre, nas rodas de amigos, quando o assunto era relacionamento eu falava do tipo de relação que eu queria construir, era uma bem semelhante à descrita no manifesto, mas eu sempre ouvia coisas do tipo “você fala isso por que nunca namorou, quando se está em algum relacionamento não tem como não perder a liberdade, não tem como não ter ciúmes e é muito difícil ter essa relação” ou então “é fácil falar, mas na prática é quase impossível”. Começaram a entender a raiva? Não? Então se lembrem do motivo um. Achei a coisa mais linda do mundo ver o texto no mural DAQUELE casal, mas quando várias pessoas que nunca concordavam comigo começaram a curtir e compartilhar, veio a indignação. Por que as pessoas que me falavam que não existem relacionamentos como eu queria declaravam no Facebook, para todo mundo ver, que queriam exatamente a mesma coisa que eu?

No fundo no fundo, todo mundo quer um relacionamento divertido. Tem coisa melhor? Uma relação leve, feliz, divertida. Você não quer? Eu quero. Mas não é fácil. Fácil é postar no Facebook, quero ver fazer.

Digo isso porque as pessoas se esquecem de um detalhe importante. E agora vem mais uma das minhas filosofias de vida: bons relacionamentos são feitos de bons solteiros. É isso mesmo! As pessoas acham que para ter o tão sonhado relacionamento divertido só é preciso achar uma pessoa que queira um também. Quase ri. A parte mais importante não está no outro, está em você. É preciso encontrar em você a pessoa que consegue ter um relacionamento divertido. Um relacionamento divertido é composto por duas pessoas que são felizes sozinhas sendo felizes juntas. É isso que considero como bons solteiros. Pessoas que não precisam de outras para serem felizes, para estar bem consigo mesmas. Isso envolve autoestima e autoconfiança, coisas que faltam em muita gente. O maior inimigo do relacionamento divertido é a insegurança. É com ela que vem o ciúme excessivo, as crises de posse, a carência e mil outros problemas.

O dia que eu ouvir alguém dizer “não vivo sem você” eu saio correndo. Vai aprender a viver sozinho para viver comigo! Não quero ninguém que tenha medo de me perder, quero alguém que não queira me perder. São coisas bem diferentes. O medo de perder não quer dizer que você ama a outra pessoa, quer dizer que você não se ama e não quer ficar sozinho. O não querer perder é o simples fato de preferir estar junto.

Depois do desabafo até que passou um pouco da indignação, então fecho esse texto com uma dica. Se um relacionamento divertido é o que vocês realmente querem, não só postem no Facebook. Vão aprender a viver sozinhos, vão buscar a autoestima e a autoconfiança! Eu garanto que quem sabe ser feliz sozinho não vê uma relação a dois como prisão, vê como outra forma de liberdade.

Patrícia Carvalho

Anúncios

3 thoughts on “MANIFESTO CONTRA O MANIFESTO CONTRA RELACIONAMENTOS SÉRIOS

  1. Parabéns Patrícia! Texto excelente. Até pode me ajudar em uma fase não tão boa do meu relacionamento. Logo eu que sempre imaginei que teria uma família igual a do “Eu, a Patroa e as Crianças”. Ainda retomarei o rumo! Abraço!

  2. Perfeito ❤
    Ser feliz sozinho é a chave pra tudo! E só é possível se conhecendo, sabendo onde possuímos defeitos/fraquezas e onde estão nossas virtudes, saber se respeitar e respeitar o próximo ❤
    Depois de muito aprendizado, autoconhecimento, vivo hj num relacionamento divertido rs… É possível

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s