Conto pra te deixar ir (ou não)

tumblr-love-pictures35

É terminantemente permitido ir embora, assim como é sugestivamente permitido ficar. Você pode ir, se quiser, pode habitar outros cantos e escolher não ser poesia no final da tarde. Mas você também pode retardar o amor e voltar ao início do afeto e virar um livro, talvez um samba e carnavalizar meu ano inteiro. Você pode dormir sem pensar em nada, não aparecer por uma década, esgotar o amor no primeiro beijo de amanhã de manhã. Sim, você pode! Mas você também pode casar os nossos medos, encantar os nossos erros e desfilar sua imortalidade em poesias diárias, porque garoto, não existe nada mais bonito que amar você. Você pode não olhar pra trás, não entender o excesso, derrubar o meu drama e se cansar de um abraço. Mas você também pode monopolizar meu apreço, rotar no meu eixo e tocar no meu disco qualquer canção que exija teu riso.

 

Natália Brandão, publicado em: https://www.facebook.com/OMocoEOOcio?fref=ts

Anúncios

One thought on “Conto pra te deixar ir (ou não)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s