Novamar

tumblr_llwtf4maby1qi909ro1_500

O medo do fim instalado em nossas vidas já se tornou comum.

Engraçado que como antes de começarmos algo, o medo do fim já se tornou uma verdadeira assombração.

Fim da vida, fim do amor, fim do dinheiro, da juventude…

Inútil fingir a não existência desse medo já que  não  queremos o fim.

Mas que tal deixar o medo pro final? Se houver um, é claro.

Não. Nem tudo é eterno. Talvez nada seja. Mas só saberemos se um dia tudo isso  acabar.

Quando um amor acaba tudo o que fazemos é enrijecer a boca e o coração.

Nunca mais amar. Nunca mais sofrer.

Só esquecemos que os espaços da vida tendem a ser preenchidos. Quase sempre.

O fim de um amor pode não ser só um fim.

É tão bom se descobrir. É tão bom recomeçar, reinventar, SOBREVIVER.

Olhos brilhando novamente, coração acelerado, o primeiro beijo, o primeiro sonho a dois… ou a três.

 Um Eu te amo novinho em folha. Um Novo amor. Novamente Amar. Novamar.

A vida é feita de recomeços, e se o o Eu te amo não for assim “novinho em folha”, encare-o como se fosse.

O grande erro do homem é decretar o fim de tudo sem consertá-lo.

Ame de novo, e se não der… Re-Ame.

Mayara Pandolfi, publicado em: http://almalida.blogspot.com.br/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s