Te vi ontem

06

Te vi ontem. Tirei uma foto com o olhar e guardei num álbum moldado aqui no meu peito. Cantei um trecho daquela música e senti o vento mudar de direção. É teu efeito. Você não sabe que eu te vi. A verdade é que estava linda. Te olhei umas três vezes antes de partir dali. Lembrei de quando me deixou. Você usava o mesmo vestido branco. Se têm duas coisas que não esqueço é a sua feição leve e teu vestido branco. Cruel! Sequer teve a consideração de chorar e ir de preto ao enterro do nosso amor. E quem não se importa com a morte, tampouco se importa com a vida. Teu adeus judia demais.

(…)

Mas hoje finalmente entendi: estou em paz. Te vejo e canto sobre ti sem considerar o mal que isso faz; talvez porque não faça mais. Nem um pouco. Nunca mais.

Fábio Chap

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s