Tudo ou nada

 tumblr_lg3ugpElWw1qzrvo0o1_500

Mostre ao mundo tuas estrias, tuas costelas. As alegrias e as mazelas. Seus pneus, sua careca e a boca com dente amarelo. Também queira ser bonito, sim; o problema não está na beleza, está na certeza de que, bonitos, somos melhores. Maior engano.

Se pá vá de chinelo; brinque de paletó com bermuda. Muda, seja outro e outra. Seja mais que a roupa, o ideal político ou o cabelo sedoso. Mais que seus… livros, seus instintos e seu carro novo. Seja tudo isso e, quando bem entender, seja nada.

E, brincando de não ter medo da verdade, leve uma coisa a sério: não dá mais tempo de se esconder. Somos adultos. A vida acaba depois de depois de amanhã. Quando seu corpo fora do padrão quiser aparecer, mostre tuas estrias e tuas costelas. Porque alegrias não vêm só de coisas belas. Alegria vem da liberdade. Ser tudo – ou nada -, pra mim, resume a felicidade.

Meu querer me pauta e um novo tempo me invade.

Fábio Chap

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s