Aproximação

0909090900

Ele me beijou no canto da boca, deu até para sentir seu hálito fresco tocando o meu nariz e o quanto a sua barba é macia. Ele não deve ter notado – tentei ser discreta – mas, quando senti sua respiração tão perto do meu ouvido, vomitei arco-íris. Meu coração desmaiou, as borboletas invadiram o estômago e enxerguei estrelas, naquela tarde ensolarada. Há meses que ensaio uma aproximação, há meses que fico apreciando o moço de pele clara e sobrancelhas grossas, rapaz das bochechas rosadas que cheiram baunilha. Mas, a felicidade não está só no toque dos corpos, está no convite para o sorvete na quarta-feira, às 19h. Meus pés suam e escorregam na rasteirinha só de imaginar a minha língua tocando o céu da boca dele. É na quarta, moço, que eu te cubro de beijos e mato, enfim, o meu desejo.

 Kauane Mello

Anúncios

3 thoughts on “Aproximação

  1. Felicidade é abrir um dos seus blogs preferidos e dar de cara com um texto seu! ❤
    Obrigada pelo carinho!

    1. Kauane,

      sempre bom ter bons escritores por aqui! Fique a vontade para encaminhar seus textos, se assim desejar.

      Obrigada pelo carinho. Você é sempre bem vinda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s