O amor

tumblr_m0ah0sL1OR1r0sbi6o1_500

E como quem anda distraidamente por ai, eu encontrei o amor. É assim que se chama, moço? Um soco no estômago a cada centímetro mais perto de você, parece que mil dinossauros correm e pisoteiam todo meu canto e o meu pranto vira riso, vira cócegas. O mundo inteiro adquire uma suavidade, uma intensidade, um nervoso, ninguém sabe mais pra onde vai, o que pensar e muito menos o que dizer. Sorrio, aquele sorriso meio idiota, que não sabe se te engole ou se sai correndo. Um desespero meio sossego, de quem pode ver o coração espalhado pela tua barba, com um pouco menos de receio do que o necessário.

Natália Brandão
Anúncios

2 thoughts on “O amor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s