Termos e Condições Gerais do Relacionamento

Fico impressionada com essas mulheres que conseguem ser felizes mesmo estando num relacionamento ruim. O cara é um babaca, egoísta, imaturo, frio, ausente… Mas a mulher tá lá, jurando que está super feliz e que está tudo bem. Chorando? Não, não.. É o calor, o olho tá suando.

Imagina quando ela conhecer alguém – qualquer um, não precisa nem ser um príncipe – que a trate bem, que seja companheiro, que a faça rir, que preste atenção no que ela diz, que faça surpresas. Vai se sentir a mulher mais amada do mundo, quando na verdade, isso é o mínimo que qualquer pessoa apaixonada pode oferecer! Porque quando a gente gosta, se importa. Quer surpreender, quer agradar, que fazer feliz…

Acredito que esse seja o caso dessas meninas que entram em um relacionamento sério quatro vezes por ano, com quatro caras diferentes e estão sempre quebrando a cara, sempre se dando mal. “Ninguém presta no mundo, as coisas não são mais como antigamente, ele não era o que eu pensava”. E o que você pensava, querida?

Quando o cara chega com aquele papo “sou assim, você tem que aceitar”, cai fora porque é cilada. Se o cara diz na sua cara que vai te tratar mal e te fazer chorar, pois não vai mudar o comportamento dele, e você aceita, não adianta choramingar depois no colo das amigas. E quando ele disser “você sabia que eu era assim desde o início” (particularmente, acho que não tem coisa mais escrota que a gente possa ouvir), você não vai poder dizer nada, pois é verdade. Então a ideia é simples: não aceite!

Engolir a seco os defeitos de alguém em troca de um relacionamento meia-boca não é prova de amor, é burrice! O mundo tá uma merda, as pessoas estão perdidas, as definições de relacionamento estão deturpadas, dizem por aí que sexo grupal é uma tendência (Oi?), mas a felicidade a dois ainda é possível, ter alguém que te faça bem pode sim ser uma realidade.

É só você não perder tempo aceitando o inaceitável por medo de ficar sozinha, ou achando que vai mudar aquele cara, pois você é especial (Querida, menos!). A pessoa que gosta de você e vai te tratar como uma verdadeira princesa existe, mas para que ela chegue até você, é necessário parar de perder tempo com alguém que não te faz bem.

Desconfie de quem já chega anunciando os próprios defeitos e coloca o seu amor à prova caso você não o aceite dessa forma. Uma pessoa madura e consciente está sempre buscando melhorar, e pra isso tenta amenizar os seus defeitos, não os escancara por aí. Uma pessoa adulta sabe que uma determinada característica pode ser um defeito ou uma qualidade – depende do nível de aceitação do outro. Por esse motivo, é muito melhor ir se descobrindo aos poucos – e ir vendo do que gosta. Quando você menos esperar vai estar em um relacionamento sério e verdadeiro, assumir isso para o mundo (leia-se, colocar no Facebook) vai ser uma mera formalidade.

Jessica Mendes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s