Movediça

Era uma vez um sonho, que morava do outro lado da rua. Não se atravessa do outro lado para o um, apenas do um para o outro. Até onde vai o muro? Até onde me sustenta?

Fica mais um pouco pra ensinar a me equilibrar na parede fina desse muro indisposto, que separa ideias bifurcadas da mesma raiz. Fica mais um pouco, porque você me estabiliza e, o primeiro passo é a estabilidade. Setembro chegou e já tem uma porção de gente dando boas vindas ao mês que tá começando, quando estiver no meio, vem aquela avalanche de “não te aguento mais, mês”, “já pode acabar”, “vem logo …(próximo)”. Acho que é pra gente não perder o costume de ser montanha russa e, que de certo inventaram o calendário assim pra gente sempre renovar os sentimentos. E preservar essa rala esperança de que o futuro, só por ser futuro, é melhor do que ontem ou hoje. Mas eu ainda acho que hoje é futuro o tempo todo. Não espero que eu volte às receitas, amigos dizem que enlouqueci e, eu não nego. “Vista o seu sorriso mais bonito, é você quem escolhe como seu dia vai ser”, isso às vezes não se encaixa. A verdade é suada, não ruim, mas enfrentada.

Marianna Ambrósio

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s